Ir para o conteúdo

PV ESTADUAL

Conheça os deputados estaduais do PV

PV-MG NA CÂMARA FEDERAL

 

JULIO DELGADO

Natural de Juiz de Fora (MG), em 1966, é filho de Tarcísio Delgado (prefeito de Juiz de Fora por três mandatos e deputado federal constituinte) e da Dona Isa. Casado com a Luciana, tem dois filhos.

Formado em direito pela Universidade Federal de Juiz e Fora, pós-graduado em Processo Legislativo pela Universidade de Brasília (UNB) e especializado em Administração de Fundos de Pensão pela Organização dos Estados Americanos (OEA em Santiago/Chile).

Começou na política coordenando as campanhas do seu pai, Tarcísio, e apontado por seu grupo político na época, disputou sua primeira eleição para a Câmara Federal em 1994, fato que se repetiu em 1998, quando conquistei a suplência e, posteriormente, vindo a assumir meu primeiro mandato em 1999.

Atuação

Tem atuado em pautas que defendem os interesses de Minas e do Brasil. Participou, entre outras, das Comissões Legislativas de Constituição e Justiça, Trabalho, Relações Exteriores e Defesa Nacional, além de ter sido vice-presidente da Comissão de Defesa do Consumidor e representado o Congresso Nacional em missões internacionais ligadas à preservação do meio ambiente, trabalho, processo legislativo e implantação do Parlatino (Parlamento Latino-Americano).

A defesa do meio ambiente e de políticas públicas sustentáveis é uma das minhas principais bandeiras de atuação parlamentar.

Visite seu site e saiba mais

 

PV-MG NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE MINAS GERAIS

 

BETINHO PINTO COELHO

Principais Fatos da Vida Profissional e Política:

É filho do ex-governador Alberto Pinto Coelho, que foi também deputado estadual por 16 anos e duas vezes presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), e da professora, escritora e ex-vice-reitora da Universidade Estadual de Minas Gerais (Uemg), Santuza Abras. 

Formado em Administração, exerce seu primeiro mandato na ALMG e integra, como membro efetivo, as Comissões de Agropecuária e Agroindústria, e Extraordinária das Energias Renováveis e dos Recursos Hídricos. Além destas, compõe o quadro de parlamentares nas Comissões de Assuntos Municipais e Regionalização, de Cultura e de Desenvolvimento Econômico, entre outras.

Recebem especial atenção em seu mandato os setores de energias renováveis, mineração, agronegócio, meio ambiente, educação, indústria e comércio e empreendedorismo

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

FERNANDO PACHECO

Natural de Cisneiros, distrito do município mineiro de Palma, Fernando Pacheco Fialho faz questão de valorizar suas raízes na Zona da Mata de Minas. Estudou os primeiros anos em escolas públicas de Cataguases e formou-se como ajustador mecânico, em 1983, aos 17 anos, pelo Senai – formação da qual se orgulha pela importância do sistema profissionalizante: um dos maiores polos de educação técnica da América Latina.
Após passagem por Juiz de Fora, onde se formou em Edificações pelo Colégio Técnico Universitário (CTU), então ligado à UFJF, e hoje estabelecido como IF Sudeste, Fernando Pacheco ingressou no curso de Ciências Econômicas da Faculdade Presidente Antônio Carlos (FUPAC), de Visconde do Rio Branco. Quando se formou, no início dos anos 90, Fernando já era funcionário da Prefeitura de Cataguases, onde começou como técnico em Edificações, em 1989, e se tornou gestor público, por meio de concurso público, em 1998.

 Experiência em gestão pública e finanças

    Especialista em Gestão Econômica, com ênfase em Contabilidade e Controladoria, Fernando ocupou importantes cargos na gestão municipal: foi Secretário da Fazenda, entre 2005 e 2008, e Secretário de Saúde, em 2009 e 2010. O planejamento e a busca pela eficiência sempre estiveram entre os pilares da atuação do gestor. À frente da Saúde de Cataguases, destaca-se seu empenho pela renovação da frota da Saúde, reinauguração da Policlínica, construção das Unidades Básicas de Saúde nos bairros Bandeirante e Paraíso, consolidação do termo de compromisso com a UPA, entre outras ações.

Vida pública e valorização do interior

    O trabalho reconhecido como gestor alçou Fernando Pacheco à candidatura de Vereador, em 2012, pelo PMDB, quando foi eleito o quarto mais votado. Foi Presidente da Câmara Municipal de Cataguases, em 2012 e 2013, e sua liderança foi marcada por iniciativas que ampliaram a transparência e o controle do legislativo municipal.
    Em 2016, foi candidato a Prefeito de Cataguases com propostas objetivas em diversos setores: fortalecimento da agricultura e dos produtores rurais, integração dos distritos, ampliação da Saúde Pública e da Educação, entre outras. Fernando Pacheco obteve a segunda maior votação, com uma diferença de apenas 693 votos – são 50.000 eleitores no município.
    E após 12 anos sem um representante na Assembleia Legislativa de Minas, Cataguases e região elegeram Fernando Pacheco deputado estadual com 25.091 votos. Com o lema “Unindo Caminhos”, o mandato de Fernando Pacheco foca na valorização do interior, no desenvolvimento da sua região, em ações para defender o SUS e a Educação Pública, além de fiscalização do executivo e ampliação da transparência e do controle das finanças públicas.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

GLAYCON FRANCO

Principais Fatos da Vida Profissional e Política:

 

Médico. Reeleito deputado estadual com 52.525 votos, tendo votação histórica em Conselheiro Lafaiete, com 32.706 votos. Majoritário em várias cidades do Alto Paraopeba, Vale do Piranga e Campo das Vertentes. Foi vereador em Conselheiro Lafaiete por dois mandatos consecutivos (2001-2004 e 2005-2008) e presidiu a Câmara Municipal entre 2005 e 2006. Filho do dr. Ivan Franco e neto do ex-deputado estadual Antônio Franco Ribeiro; sobrinho dos ex-deputados estaduais Eli Franco e Maurício Moreira.

Atuação Parlamentar na ALMG:

Integra atualmente as Comissões de Constituição e Justiça e Comissão de Administração Pública. É suplente nas Comissões de Cultura e Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Na 17ª Legislatura, entre fevereiro de 2012 e março de 2014, assumiu mandato de deputado estadual como suplente. 

Confira outras comissões que já integrou e participa atualmente

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

HELY TARQUÍNIO

Principais Fatos da Vida Profissional e Política:

 

Médico-cirurgião. Formado pela Faculdade Federal do Triângulo Mineiro (1966). Foi cirurgião-geral dos hospitais Vera Cruz e Imaculada Conceição, diretor e cirurgião do Hospital Regional Antônio Dias (Fhemig/Patos de Minas) e supervisor do Inamps de Patos. Exerceu, ainda, o cargo de secretário adjunto de Estado de Saúde na primeira gestão de Aécio Neves (2003-2006). As principais regiões de atuação política são o Alto Paranaíba e Noroeste. Os municípios de maior votação foram Patos de Minas, Lagoa Formosa, Carmo do Paranaíba, Presidente Olegário, Rio Paranaíba, Serra do Salitre, Sacramento, Guimarânia, Lagamar, Coromandel, Arapuá, Cruzeiro da Fortaleza e João Pinheiro.

 

Atuação Parlamentar na ALMG:

 

Reeleito, assume em 2015 seu sexto mandato na Assembleia de Minas, onde ingressou em 1991. Desde então, integrou todas as legislaturas, com exceção do período entre 2003 e 2007. Função na 17ª Legislatura: 2°- vice-presidente da Mesa da ALMG. Na 16ª Legislatura, foi 2º-secretário da Mesa. No período de junho de 2011 a janeiro de 2013, foi vice-presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar. Vice-líder do PRN (1991/92), líder do PP (1993/94) e do PSDB na Assembléia (1999/2000). Corregedor da Assembléia (2001/2002). Presidente da Comissão Especial do Cardiominas (1995), da Comissão de Constituição e Justiça (1998/1999) e da CPI da Saúde (2000/2001). Coordenador da reunião regional do Seminário Legislativo Águas de Minas II, em Patos de Minas (2002). É autor das propostas que deram origem à da Emenda 54, de 2002, que restringiu a imunidade parlamentar, e à Lei dos Consórcios Intermunicipais de Saúde.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

INÁCIO FRANCO

O Deputado Estadual Inácio Franco (PV) está em seu terceiro mandato consecutivo na Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais. Atualmente como 3º vice-presidente da Mesa Diretora, possui, dentre outras atribuições, dirigir os trabalhos da ALMG, além de aprovar propostas de orçamento do Legislativo.

 

Acompanhando atentamente as mudanças na sociedade, o Deputado Estadual Inácio Franco produziu leis que corresponderam às demandas e expectativas apresentadas pela população. Em defesa do meio ambiente equilibrado, o parlamentar criou a lei 22.421/2016 que dispõe sobre a integração de considerações ambientais nas licitações e nos contratos públicos do Estado de Minas Gerais. Participou ainda ativamente da elaboração do novo Código Florestal mineiro em que procurou conciliar os anseios de preservação ambiental com os interesses do homem do campo.

 

Autor da emenda à lei nº 18.365/2009, Inácio Franco criou incentivo financeiro, conhecido como Bolsa Verde, para que proprietários rurais adotassem ações pela conservação da vegetação nativa no Estado. Desde 2009, metade do valor arrecadado com as multas aplicadas pelos órgãos ambientais em Minas Gerais tem que ser revertida para os produtores rurais, que fazem parte do Programa Bolsa Verde.

 

Na Assembleia Legislativa, foi nomeado ouvidor-geral por três mandatos. Criada com o objetivo de ouvir o cidadão, a Ouvidoria é o canal de comunicação do Parlamento Mineiro responsável por receber e analisar reclamações, denúncias, dúvidas e sugestões das pessoas sobre a atuação dos deputados.

 

No exercício de seus três mandatos na ALMG, foi ainda 2° vice-presidente da Mesa, vice-presidente das comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e de Administração Pública, membro efetivo da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial, além de líder dos blocos Avança Minas (2014/2015) e Parlamentar Social (2009/2010).

 

Inácio Franco é empresário e produtor rural. Eleito prefeito de Pará de Minas em 2000, iniciou uma gestão comprometida com a moralidade pública, a transparência administrativa e a melhoria da qualidade de vida da população, conciliando as atribuições de administrador público e privado.

 

Em julho de 2002, enquanto prefeito de Pará de Minas, Inácio Franco recebeu juntamente com os servidores da prefeitura o Prêmio Gestão Fiscal Responsável, concedido pelo Conselho Federal de Contabilidade, em solenidade realizada no Palácio Itamaraty, em Brasília. Pará de Minas foi classificada em primeiro lugar no Estado e em terceiro no Brasil, entre os municípios com mais de 50 mil habitantes que melhor aplicaram os recursos públicos. Foi reeleito prefeito em 2004 com aproximadamente 60% dos votos válidos.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

MÁRIO HENRIQUE DA SILVA - CAIXA

Presente há 25 anos nas ondas do rádio, Mário Henrique também é presença real hoje na política. Em fevereiro de 2013, Caixa foi empossado, pela primeira vez, Deputado Estadual de Minas Gerais. O parlamentar é o primeiro representante legítimo de Três Pontas em 46 anos na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. E, já no primeiro mês de mandato, se tornou membro efetivo da Comissão de Esportes Lazer e Cultura e também vice-presidência da Comissão Extraordinária da Copa do Mundo, criada para discutir assuntos relacionados ao principal evento esportivo do mundo, realizado no Brasil em 2014.

 

Ainda em 2014, Caixa foi eleito o segundo Deputado Estadual mais votado do estado, com 130.593 votos, com destaque para a votação expressiva na capital mineira, onde obteve 46.424 votos, 10.981 votos a mais do que o segundo parlamentar mais votado da cidade.

 

Em 2015, Mário Henrique assumiu a vice-presidência da Comissão de Esportes da ALMG, cargo ocupado até o momento, e foi convidado para a vice-presidência do Bloco Minas Melhor, que é composto por deputados da base governista.

 

Em abril daquele ano, o Deputado assumiu também a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais, após convite do Governador Fernando Pimentel, onde permaneceu até abril de 2016, devido a outros projetos pessoais e políticos. Na mesma época, Caixa se filiou ao Partido Verde (PV), a convite do Presidente Estadual do Partido, Deputado Agostinho Patrus Filho, ganhando ainda mais habilidade em sua atuação política.

 

Independentemente de atuar na área esportiva, Caixa vem realizando um brilhante trabalho, além do esporte, nas áreas da saúde, educação e mobilidade urbana. E espera continuar lutando em defesa de todos os mineiros.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

PROFESSOR CLEITON


Principais Fatos da Vida Profissional e Política:

Em 2018 disputou pela primeira vez as eleições, tendo sido eleito para seu primeiro mandato. Nascido em Boa Esperança, mora em Varginha, ambas no Sul de Minas, onde tem uma trajetória na área de assistência social, sendo ainda professor em várias instituições de ensino. 

É formado em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e mestre em História Ibérica pela Universidade Federal de Alfenas. 

Também é membro do Núcleo de Coordenação da Renovação Carismática Católica de Minas Gerais e atua na Pastoral Social da Igreja Católica, na paróquia Divino Espírito Santo, em Varginha.

 

Atuação Parlamentar na ALMG:
Assume, em 2019, seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Comissões:

- É vice-presidente da Comissão de Participação Popular;

- Membro efetivo da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia; Comissão Extraordinária de Turismo e Gastronomia, entre outras