Siga nas redes sociais:
Facebook social
Instagram social
Desmatamento na Amazônia em junho equivale a duas vezes a área de Belo Horizonte

O desmatamento na Amazônia Legal atingiu, em junho deste ano, o segundo maior número  já registrado para o mesmo mês pelo sistema Terra Brasilis, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Entre 1º e 28 de junho, o bioma perdeu 769 quilômetros quadrados (km²) de área vegetal, o equivalente a duas vezes a área da cidade de Belo Horizonte (MG), perdendo apenas para junho de 2016 (951 km²). O desmatamento da Amazônia neste período representa um aumento de 60% em relação ao mesmo mês do ano passado (488,4 km2). Os dados excluem a perda de vegetação provocada por fatores como incêndios florestais e exploração de florestas plantadas.

 

Contabilizando o acumulado de 2019, o Brasil já perdeu em área da Amazônia o equivalente a aproximadamente 1,5 vez o território da cidade de São Paulo (2.273 km²), o pior registro desde 2016. Ainda de acordo com o estudo, o município que mais desmatou no mês de junho foi Altamira, no Pará, com 81,52 km² de área verde derrubada.

 

O jornal O Globo publicou nesta terça (2/6) ampla reportagem sobre o estudo e explica que o Inpe usa dois sistemas para monitorar. O instituto tem o Prodes, com maior resolução e anual, que oferece um cenário preciso. E o Deter, mensal, que só detecta áreas maiores e não ocultas por nuvens comuns na Amazônia, mas que é considerado uma ferramenta importante para a fiscalização. Os dados divulgados esta semana são do Deter. A reportagem lembra ainda que o cenário de crescimento do desmatamento no Brasil coloca em risco o compromisso assumido pelo país no Acordo de Paris, assinado em 2015. No documento, o Brasil se comprometeu a zerar o desmatamento ilegal na Amazônia até 2030.

 

O balanço divulgado na terça pelo Inpe foi manchete não apenas dos jornais brasileiros, a imprensa internacional também repercutiu os dados. O jornal inglês The Guardian ressaltou o “desmatamento desenfreado da Amazônia impulsionado pela ganância global por carne”, em extensa reportagem que expõe como o gigante setor da pecuária continua ameaçando a saúde da maior floresta tropical do mundo.

 

 

Fonte: Globo Rural


Avenida Afonso Pena, 3031 - Funcionários
Belo Horizonte / MG CEP: 30110923
Telefone para contato:
(31) 3241-5220      
Horário de Atendimento:
De Segunda a Sexta-feira da 8h as 16h
© Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados.